Guia sobre Florais

 Em Guia

O que são florais

vidros de florais entre flores

Os florais são líquidos feitos à base do extrato de diversas plantas. São uma alternativa natural para o tratamento de questões de ordem mental: o objetivo final de seu uso é o pleno equilíbrio das emoções.

Há diversas essências que pertencem a diferentes sistemas. Cada um deles usa flores diferentes para a fabricação do extrato, mas são usados para tratar os mesmo problemas visando os mesmos objetivos.

As flores usadas nos extratos são colhidas quando estão no auge da florada. A colheita deve ser feita logo cedo, pela manhã, quando o orvalho ainda está presente. Geralmente a matéria prima é toda silvestre, mas já há plantações que as cultivam da forma mais natural possível para o preparo dos florais.

Depois de colhidas, as flores são depositadas sobre uma vasilha de água, que armazena as informações e propriedades da planta. Em seguida a mistura recebe um toque de brandy (destilado de uva) na mesma proporção da água, para auxiliar na conservação. O resultado é a chamada essência mãe.

Esta essência deve ser diluída para o consumo, na proporção 2 gotas por frasco. Farmácias de manipulação e terapeutas holísticos comercializam os chamados florais de diluição estoque, mais concentrados. Eles também devem ser diluídos para o consumo, na mesma proporção que a essência mãe.

 

Como surgiram os florais

vridro de floral sendo diluído em uma vasilha com flores

As essências florais são um método de tratamento milenar. Foram usadas por civilizações antigas e importantes como a egípcia e a hindu – esta última criou as bases de praticamente todos os métodos de tratamento da medicina moderna.

Com o passar do tempo, os florais se espalharam pelo mundo e passaram a ser usados por outras civilizações, como os gregos e os tibetanos. Há também indícios de seu consumo na Idade Média: foram encontrados registros europeus que datam desta época e tratam sobre as propriedades curativas das flores.

O médico inglês Edward Bach foi o responsável por sua disseminação na idade moderna. Ele nasceu em 24 de setembro de 1886 no vilarejo de Moseley, próximo a Birmingham. Como profissional de saúde, não concordava com os tratamentos paliativos recebidos por pacientes.

Bach era um médico com grande sensibilidade: ao invés de enxergar apenas a doença, buscava observar o indivíduo como um todo. Por esta razão, dedicou sua vida e sua carreira à busca de métodos de cura alternativos, naturais e menos invasivos que aqueles oferecidos pela medicina tradicional.

Enquanto trabalhava como pesquisador, entrou em contato com a Doutrina de Hahnemann, segundo a qual a cura era guiada mais pelos sintomas mentais do que físicos. Algum tempo depois, abandonou toda a sua atividade remunerada em Londres (consultório e pesquisas) e partiu em um período de imersão na natureza, de modo a estudá-la e descobrir o poder de cura de seus elementos. O primeiro sistema moderno de florais, os florais de Bach, são resultado deste período de estudos.

Após a sua morte, pessoas de confiança do médico deram continuidade ao tratamento, que continua sendo prescrito por terapeutas holísticos até os dias de hoje. Sua conclusão de que o orvalho e o sol despertam a energia e as propriedades das flores também influencia fortemente o processo de fabricação de florais em todo o mundo.

No Brasil, as primeiras pesquisas sobre os florais aconteceram na Universidade de Brasília, por meio do professor de educação Almir Flores. A conclusão de sua pesquisa foi que os florais não são medicamentos, mas substâncias usadas para combater desordens emocionais e espirituais.

Os extratos se disseminaram no país durante as décadas de 80 e 90. Não são medicamentos: atualmente são considerados complementos alimentares.  Atualmente, há sistemas florais feitos totalmente com plantas nacionais.

 

Como funcionam os florais

conta gotas diluindo essência de floral em um vidro

O ser humano é muito mais que um pacote de processos fisiológicos. Temos também uma aura e energias envolvidas em nosso corpo, e que influenciam nossa saúde e emoções. De fato, a física moderna já reconhece a conexão entre matéria e consciência.

Os terapeutas holísticos trabalham justamente com esta ligação. Eles creem que as doenças são resultado de conflitos entre a alma e a personalidade, solucionados pelos florais.

Vale ressaltar que os florais não adicionam nada, muito menos mudam nossa personalidade. Eles apenas interagem com nosso organismo e catalisam características, emoções e sentimentos que não estão plenamente desenvolvidos. Todas as flores usadas têm energias muito fortes!

Muitas pessoas que optam pelo tratamento com florais se queixam de que o método não funciona. O que geralmente acontece é que, como o ser humano muda e evolui todos os dias, o tipo e quantidade de floral apropriado muda. Por esta razão, é preciso retornar ao terapeuta holístico regularmente para fazer este ajuste. Caso contrário, a eficácia do tratamento pode ser comprometida e, aí sim, o uso do floral será inócuo.

 

Uso dos florais

mulher pingando floral na boca

Os florais são produtos totalmente naturais: não há contraindicações, efeitos colaterais ou interações com outras substâncias. Como não são medicamentos, não interferem em seu efeito.

Muitas pessoas apelam ao autoconhecimento, identificam suas próprias necessidades e ingerem um floral por conta própria para resolver alguma questão pessoal. Contudo, isto não é apropriado: quem aponta o tipo de floral mais adequado para sua condição e a quantidade que deve ser ingerida é seu terapeuta holístico. A tarefa de identificar desequilíbrios emocionais e espirituais é complexa e deve ser realizada por quem tem conhecimento para fazê-lo.

 

Sistemas de florais:
Bach, Saint Germain e Minas

Florais de Bach

vidro de floral de bach

Os Florais de Bach são o primeiro sistema moderno de florais, criado pelo médico inglês Edward Bach. Estes extratos são frutos de um período de imersão e pesquisa pelas alternativas curativas oferecidas pela natureza que Bach fez no País de Gales, sua terra natal.

Porém, lembre-se que os Florais de Bach não curam questões físicas, apenas mentais e espirituais. Caso você tenha asma, por exemplo, não há um extrato que cure esta condição.

Ainda assim, eles podem ser um auxílio no combate a uma enfermidade física. O doutor Bach acreditava que, para tratar o corpo, deveria haver um cuidado especial com a mente.

Existem 28 florais de Bach, divididos em 7 grupos. Um deles, o Rescue Remedy, é uma combinação de 5 extratos (Rock Rose, Impatiens, Cherry Plum, Star of Bethlehem e Clematis). É usado para situações emergenciais, quando não há tempo para fazer um estudo apropriado da necessidade do paciente.

Os outros florais de Bach, com suas respectivas indicações, são:

Floral Agrimony – tortura mental por trás de um rosto alegre

Floral Aspen – medo de coisas desconhecidas

Floral Beech – intolerância

Floral Centaury – dificuldade em dizer não

Floral Cerato – falta de confiança nas suas próprias decisões

Floral Cherry Plum – medo de perder o controle

Floral Chestnut Bud – incapacidade de aprender com seus próprios erros

Floral Chicory – egoísmo e possessão

Floral Clematis – sonhar com o futuro sem trabalhar no presente

Floral Crab Apple – remédio para limpeza e para o sentimento de auto-rejeição por desagrado

Floral Elm – sensação de sobrecarga por excesso de responsabilidade

Floral Gentian – desânimo à primeira ou depois de uma contrariedade

Floral Gorse – desespero

Floral Heather – excesso de preocupação por si mesmo, personalidade egoísta

Floral Holly – ódio, inveja e ciúme

Floral Honeysuckle – viver preso ao passado

Floral Hornbeam – sentimento de cansaço só de pensar em fazer algo

Floral Impatiens – impaciência

Floral Larch – falta de confiança

Floral Mimulus – medo de coisas conhecidas e timidez

Floral Mustard – tristeza profunda e sem motivo aparente

Floral Oak – para a pessoa impassível e persistente que avança e aguenta além do limite das suas capacidades

Floral Olive – exaustão após esforço mental ou físico

Floral Pine – culpa

Floral Red Chestnut – excesso de preocupação pelo bem estar de seus seres queridos

Floral Rock Rose – terror e medo paralisante

Floral Rock Water – autonegação e repressão por rigidez

Floral Scleranthus – dificuldade de optar entre varias possibilidades

Floral Star of Bethlehem – choque

Floral Sweet Chestnut – angústia mental extrema, quando todas as hipóteses parecem esgotadas e a pessoa não vê luz ao fundo do túnel

Floral Vervain – excesso de entusiasmo

Floral Vine – excesso de autoridade, despotismo

Floral Walnut – proteção de influências indesejadas e em caso de mudança

Floral Water Violet – para equilibrar personalidades reservadas e distantes

Floral White Chestnut – pensamentos indesejados e incontroláveis, conflitos mentais

Floral Wild Oat – dúvidas sobre que direção tomar na vida

Floral Wild Rose – sensação de andar à deriva, apático e resignado

Floral Willow – autocomiseração e ressentimento

  

Florais de Minas

vidro de floral com margaridas

O sistema de florais de Minas foi criado por Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques. Breno, que já era adepto dos florais de Bach, questionou: será que o Brasil, país com tremenda biodiversidade tanto de animais ou plantas, também oferece flores poderosas o suficiente para a criação de extratos?

Esta pergunta o encorajou a investigar sobre a flora brasileira e suas propriedades. Em 1989, a dupla fundou a empresa Florais de Minas, que comercializa os produtos do sistema, frutos da pesquisa. Estes são os primeiros florais feitos única e exclusivamente com plantas brasileiras. Atualmente, são produzidos com o auxílio de laboratórios farmacognosia, microbiologia, análise físico-química, microscopia e estereomicroscopia ótica e digital.

Além dos florais de Minas, Breno e Ednamara oferecem cursos e editam materiais informativos sobre os florais. Eles oferecem essências para diversos fins: apego exagerado no relacionamento (Inga), incompatibilidade entre o casal (Hibiscus), sintomas da menopausa (Feminalis), atitudes antissociais (Cassia) e muitos outros.

 

Florais de Saint Germain

vidro de floral no meio de flores

Os florais de Saint Germain são um sistema que tem atualmente 89 extratos. Foram criados pela paulista Neide Margorari, que passou a se dedicar exclusivamente ao estudo das flores após anos no segmento da arquitetura e design.

Enquanto o sistema dos Florais de Bach se baseia na personalidade do paciente, os florais de Saint Germain são prescritos de acordo com parâmetros diferentes. Os terapeutas que adotam este sistema devem analisar a biografia do paciente e quais são as causas emocionais responsáveis pelos sentimentos ruins experimentados por ele.

Além disso, os Florais de Saint Germain são produzidos usando única e exclusivamente flores brasileiras. Já os Florais de Bach são produzidos com a flora da terra natal de seu criador, o País de Gales, parte do Reino Unido.

Tal qual os outros sistemas, os Florais de Saint Germain são um auxílio em diversas situações, como dificuldade no aprendizado e no trabalho (Abricó), desânimo e dispersão (Thea), insegurança (Leucantha) e indecisão (Areia Selvagem).

Dermo Manipulações
A Dermo Manipulações é uma empresa com mais de 40 anos de experiência no mercado. Com milhares de clientes satisfeitos, prezamos pela qualidade em todos os nossos produtos, garantida pelo seguimento de todas as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Além disso, prezamos pela reciclagem constante de nossa equipe, de forma a oferecer o que há de mais moderno em manipulação de medicamentos. Nosso laboratório de controle certifica a qualidade de todos os produtos, garantindo que o cliente receba apenas itens com eficácia comprovada. A Dermo Manipulações conta também com os mais modernos equipamentos para proteger o meio ambiente de resíduos e garantir uma produção tecnicamente correta.
Postagens Recentes

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar