Probióticos: descubra o que são e o importante papel deles na saúde

 Em Emagrecimento

Por mais que possa soar um pouco estranho, uma grande parte da composição do corpo humano é de micro-organismos. Esses micróbios são denominados microbiota indígena. Experiências científicas mostram que a microbiota é necessária e essencial para a saúde do hospedeiro e alterações no equilíbrio ecológico dos micro-organismos que carregamos junto conosco podem ocasionar doenças.

 

A microbiota humana

Estima-se que o ecossistema intestinal do ser humano possua entre 500-1000 espécies de bactérias.

No quadro abaixo, você pode ver alguns dos benefícios fisiológicos que a microbiota proporciona para o ser humano:

Funções não imunológicas da microbiota gastrointestinal

Fonte: adaptado de Dominguez-Belo; Blaser, 2008.

*Angiogênese descreve o processo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir de vasos já existentes.

 

Além das funções acima descritas, a microbiota também é responsável pela modulação de importantes mecanismos de imunização, tais como:

  • Homeostase intestinal;
  • Defesa das mucosas;
  • Tolerância imunológica.

Nosso estilo de vida na era moderna impacta nossa microbiota de maneira que apenas estamos começando a compreender. Dietas ricas em açúcares e gorduras podem prejudicar o funcionamento intestinal e alterar o equilíbrio dos micro-organismos que são benéficos para nossa saúde.

Mas você sabia que mesmo tendo um equilíbrio já muito prejudicado por causa da dieta ou outros fatores é possível reverter os danos e renovar a flora intestinal – local em que muitas das bactérias benéficas para a saúde humana se encontram.

E isso por meio dos probióticos.

 

O que são probióticos

Probióticos são micro-organismos vivos, geralmente bactérias que produzem ácido lático do gênero Lactobacillus e Bifidobacterium. Esses organismos são capazes de alterar a composição e a atividade metabólica da microbiota intestinal.

Probióticos e melhora da saúde

Os micro-organismos probióticos que podem ser encontrados na flora intestinal humana melhoram o consumo e digestão dos alimentos. Eles completam muitas deficiências que possuímos em nosso organismo e ajudam a reduzir os passos necessários para que alimentos mais complexos sejam convertidos em estruturas mais simples.

Contudo, é importante notar que nem todos os micro-organismos presentes em nosso intestino são benéficos. Na verdade, muito pelo contrário: algumas bactérias são nocivas a nossa saúde, pois elas fermentam os alimentos de maneira não favorável ao nosso organismo e, como resultado, toxinas podem ser liberadas (AMARA, 2015).

Nesse ponto entra a importância dos probióticos: eles são capazes de regenerar nosso sistema digestivo com micróbios bons. Os probióticos neutralizam a ação das bactérias prejudiciais e fermentam assim nossa comida de maneira correta, melhorando a saúde.

Por que nós devemos utilizar probióticos?

Durante nossas vidas, estamos expostos a diferentes tipos de micróbios que são ruins a nossa saúde. Até mesmo o tratamento com medicamentos antibióticos podem destruir a parte útil da microflora. Nesses casos, probióticos deveriam ser usados para regenerar nossa microflora e, assim melhorar nossa saúde.

Como você viu anteriormente, a vida moderna nos expõe a inúmeros fatores que são prejudiciais à saúde de nossa microbiota, como, por exemplo:

  • Estresse;
  • Uso excessivo de álcool;
  • Dietas ricas em gorduras;
  • Carne;
  • Açúcar;
  • Antibióticos;
  • Exposição a toxinas.

Efeitos cientificamente comprovados do uso de probióticos na saúde humana

Os fatos a seguir foram retirados de Amara e Shibl (2015) – veja as referências no final da página.

  • Probióticos são micróbios úteis e amigáveis;
  • Eles são capazes de competir com outros micro-organismos que colonizam nosso sistema digestivo;
  • Eles são capazes de fermentar nossa comida em subprodutos mais simples e promovem nossa saúde por meio de vários mecanismos diferentes;
  • A quantidade das bactérias probióticas pode ser reduzida por diferentes fatores, como uma dieta desiquilibrada. Essa é a razão pela qual devemos ingeri-las por meio de nossa dieta.
  • Em casos particulares, como após tratamento realizado com antibióticos, a quantidade delas tende a diminuir consideravelmente. Nesses casos, probióticos devem ser ingeridos por via oral em quantidades consideráveis.

Probióticos promovem a saúde enquanto eles:

  • Removem os efeitos colaterais de patogênicos e micróbios danosos à saúde;
  • Fornecem ao corpo subprodutos úteis;
  • Reduz o trabalho do sistema digestivo;
  • Reduz os efeitos do primeiro ataque de compostos prejudiciais;
  • Reduzem a quantidade de comida necessária ao nosso organismo devido à digestão e metabolismo de qualquer quantidade de comida;
  • Probióticos podem complementar a deficiência em nossos materiais genéticos, emprestando-nos produtos de seus genes. Esse é o caso de deficiência na fermentação da lactose.

Relações entre probióticos e o tratamento e manutenção de doenças

Em relaçãos às doenças, os probióticos também são muito úteis, uma vez que:

  • Auxiliam o tratamento de diarreia (HAERELAK, 2003);
  • Melhoram da saúde do trato intestinal (VANDERHOOF, 2000);
  • Reduzem sintomas de intolerância à lactose e diminuição da prevalência de alergias em indivíduos suscetíveis (HAWRELAK, 2003);
  • Reduzem o risco de alguns tipos de câncer (Mego et al., 2005; Thirabunyanon et al., 2009);
  • Controle dos níveis de colesterol sérico (HLIVAK et al., 2005);
  • Hipertensão – controle da pressão sanguínea (HLIVAK et al., 2005).

Onde comprar probióticos?

A Dermo Manipulações tem uma novidade para você! Agora, você encontra em nossa loja virtual probióticos que irão ajudar você a ter uma vida mais equilibrada e uma saúde de ferro!

Não deixe de entrar em nosso site e conferir todos os diferentes tipos de probióticos que possuímos em nosso catálogo. Navegue e descubra qual é o mais adequado de acordo com as suas necessidades: Lactobacillus, Bifidobacterium ou Enterococcus!

A qualidade dos produtos é garantida!

 

Referências

A.A. Amara, A. Shibl. Role of probiotics in health improvement, infection control and disease tratment and managemente. S. Pharm. J, 23 (2) (2015), pp. 107-114

  1. HawrelakProbiotics: choosing the right one for your needs. J. Aust. Traditional-Med. Soc., 9 (2) (2003), pp. 67-75

J.A. VanderhoofProbiotics and intestinal inflammatory disorders in infants and children. J. Pediatr. Gastroenterol. Nutr., 30 (2000), pp. S34-S38

  1. G. Dominguez-Bello, M. J. Blaser. Do you have a probiotic in your future? Mic. Inf. 10 (2008), pp. 1072-1076.
  2. Mego, J. Majek, R. Koncekova, L. Ebringer, S. Ciernikova, P. Rauko, M. Kovac, J. Trupl, P.Slezak, V. ZajacIntramucosal bacteria in colon cancer and their elimination by probiotic strain Enterococcus faeciumM-74 with organic selenium. Folia Microbiol. (Praha), 50 (2005), pp. 443-447
  3. Hlivak, J. Odraska, M. Ferencik, L. Ebringer, E. Jahnova, Z. MikesOne-year application of probiotic strain Enterococcus faeciumM-74 decreases serum cholesterol levels. Bratisl. Lek. Listy, 106 (2005), pp. 67-72
Dermo Manipulações
A Dermo Manipulações é uma empresa com mais de 40 anos de experiência no mercado. Com milhares de clientes satisfeitos, prezamos pela qualidade em todos os nossos produtos, garantida pelo seguimento de todas as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Além disso, prezamos pela reciclagem constante de nossa equipe, de forma a oferecer o que há de mais moderno em manipulação de medicamentos. Nosso laboratório de controle certifica a qualidade de todos os produtos, garantindo que o cliente receba apenas itens com eficácia comprovada. A Dermo Manipulações conta também com os mais modernos equipamentos para proteger o meio ambiente de resíduos e garantir uma produção tecnicamente correta.
Postagens Recentes

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar