8 de fevereiro de 2018
Compartilhe:

Probióticos: descubra o que são e o importante papel deles na saúde

Por mais que possa soar um pouco estranho, uma grande parte da composição do corpo humano é de micro-organismos. Esses micróbios são denominados microbiota indígena. Experiências científicas mostram que a microbiota é necessária e essencial para a saúde do hospedeiro e alterações no equilíbrio ecológico dos micro-organismos que carregamos junto conosco podem ocasionar doenças.

 

A microbiota humana

Estima-se que o ecossistema intestinal do ser humano possua entre 500-1000 espécies de bactérias.

No quadro abaixo, você pode ver alguns dos benefícios fisiológicos que a microbiota proporciona para o ser humano:

Funções não imunológicas da microbiota gastrointestinal

[wp_table id=1847/]

Fonte: adaptado de Dominguez-Belo; Blaser, 2008.

*Angiogênese descreve o processo de crescimento de novos vasos sanguíneos a partir de vasos já existentes.

 

Além das funções acima descritas, a microbiota também é responsável pela modulação de importantes mecanismos de imunização, tais como:

  • Homeostase intestinal;
  • Defesa das mucosas;
  • Tolerância imunológica.

Nosso estilo de vida na era moderna impacta nossa microbiota de maneira que apenas estamos começando a compreender. Dietas ricas em açúcares e gorduras podem prejudicar o funcionamento intestinal e alterar o equilíbrio dos micro-organismos que são benéficos para nossa saúde.

Mas você sabia que mesmo tendo um equilíbrio já muito prejudicado por causa da dieta ou outros fatores é possível reverter os danos e renovar a flora intestinal – local em que muitas das bactérias benéficas para a saúde humana se encontram.

E isso por meio dos probióticos.

 

O que são probióticos

Probióticos são micro-organismos vivos, geralmente bactérias que produzem ácido lático do gênero Lactobacillus e Bifidobacterium. Esses organismos são capazes de alterar a composição e a atividade metabólica da microbiota intestinal.

Probióticos e melhora da saúde

Os micro-organismos probióticos que podem ser encontrados na flora intestinal humana melhoram o consumo e digestão dos alimentos. Eles completam muitas deficiências que possuímos em nosso organismo e ajudam a reduzir os passos necessários para que alimentos mais complexos sejam convertidos em estruturas mais simples.

Contudo, é importante notar que nem todos os micro-organismos presentes em nosso intestino são benéficos. Na verdade, muito pelo contrário: algumas bactérias são nocivas a nossa saúde, pois elas fermentam os alimentos de maneira não favorável ao nosso organismo e, como resultado, toxinas podem ser liberadas (AMARA, 2015).

Nesse ponto entra a importância dos probióticos: eles são capazes de regenerar nosso sistema digestivo com micróbios bons. Os probióticos neutralizam a ação das bactérias prejudiciais e fermentam assim nossa comida de maneira correta, melhorando a saúde.

Por que nós devemos utilizar probióticos?

Durante nossas vidas, estamos expostos a diferentes tipos de micróbios que são ruins a nossa saúde. Até mesmo o tratamento com medicamentos antibióticos podem destruir a parte útil da microflora. Nesses casos, probióticos deveriam ser usados para regenerar nossa microflora e, assim melhorar nossa saúde.

Como você viu anteriormente, a vida moderna nos expõe a inúmeros fatores que são prejudiciais à saúde de nossa microbiota, como, por exemplo:

  • Estresse;
  • Uso excessivo de álcool;
  • Dietas ricas em gorduras;
  • Carne;
  • Açúcar;
  • Antibióticos;
  • Exposição a toxinas.

Efeitos cientificamente comprovados do uso de probióticos na saúde humana

Os fatos a seguir foram retirados de Amara e Shibl (2015) – veja as referências no final da página.

  • Probióticos são micróbios úteis e amigáveis;
  • Eles são capazes de competir com outros micro-organismos que colonizam nosso sistema digestivo;
  • Eles são capazes de fermentar nossa comida em subprodutos mais simples e promovem nossa saúde por meio de vários mecanismos diferentes;
  • A quantidade das bactérias probióticas pode ser reduzida por diferentes fatores, como uma dieta desiquilibrada. Essa é a razão pela qual devemos ingeri-las por meio de nossa dieta.
  • Em casos particulares, como após tratamento realizado com antibióticos, a quantidade delas tende a diminuir consideravelmente. Nesses casos, probióticos devem ser ingeridos por via oral em quantidades consideráveis.

Probióticos promovem a saúde enquanto eles:

  • Removem os efeitos colaterais de patogênicos e micróbios danosos à saúde;
  • Fornecem ao corpo subprodutos úteis;
  • Reduz o trabalho do sistema digestivo;
  • Reduz os efeitos do primeiro ataque de compostos prejudiciais;
  • Reduzem a quantidade de comida necessária ao nosso organismo devido à digestão e metabolismo de qualquer quantidade de comida;
  • Probióticos podem complementar a deficiência em nossos materiais genéticos, emprestando-nos produtos de seus genes. Esse é o caso de deficiência na fermentação da lactose.

Relações entre probióticos e o tratamento e manutenção de doenças

Em relaçãos às doenças, os probióticos também são muito úteis, uma vez que:

  • Auxiliam o tratamento de diarreia (HAERELAK, 2003);
  • Melhoram da saúde do trato intestinal (VANDERHOOF, 2000);
  • Reduzem sintomas de intolerância à lactose e diminuição da prevalência de alergias em indivíduos suscetíveis (HAWRELAK, 2003);
  • Reduzem o risco de alguns tipos de câncer (Mego et al., 2005; Thirabunyanon et al., 2009);
  • Controle dos níveis de colesterol sérico (HLIVAK et al., 2005);
  • Hipertensão – controle da pressão sanguínea (HLIVAK et al., 2005).

Onde comprar probióticos?

A Dermo Manipulações tem uma novidade para você! Agora, você encontra em nossa loja virtual probióticos que irão ajudar você a ter uma vida mais equilibrada e uma saúde de ferro!

lactobacillus-acidophilus-favorece-a-flora-intestinal

Não deixe de entrar em nosso site e conferir todos os diferentes tipos de probióticos que possuímos em nosso catálogo. Navegue e descubra qual é o mais adequado de acordo com as suas necessidades: Lactobacillus, Bifidobacterium ou Enterococcus!

A qualidade dos produtos é garantida!

 

 

 

Referências

A.A. Amara, A. Shibl. Role of probiotics in health improvement, infection control and disease tratment and managemente. S. Pharm. J, 23 (2) (2015), pp. 107-114

  1. HawrelakProbiotics: choosing the right one for your needs. J. Aust. Traditional-Med. Soc., 9 (2) (2003), pp. 67-75

J.A. VanderhoofProbiotics and intestinal inflammatory disorders in infants and children. J. Pediatr. Gastroenterol. Nutr., 30 (2000), pp. S34-S38

  1. G. Dominguez-Bello, M. J. Blaser. Do you have a probiotic in your future? Mic. Inf. 10 (2008), pp. 1072-1076.
  2. Mego, J. Majek, R. Koncekova, L. Ebringer, S. Ciernikova, P. Rauko, M. Kovac, J. Trupl, P.Slezak, V. ZajacIntramucosal bacteria in colon cancer and their elimination by probiotic strain Enterococcus faeciumM-74 with organic selenium. Folia Microbiol. (Praha), 50 (2005), pp. 443-447
  3. Hlivak, J. Odraska, M. Ferencik, L. Ebringer, E. Jahnova, Z. MikesOne-year application of probiotic strain Enterococcus faeciumM-74 decreases serum cholesterol levels. Bratisl. Lek. Listy, 106 (2005), pp. 67-72
Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

quinze + 15 =

Receba em primeira mão dicas de saúde da Dermo Manipulações.