O efeito do Prostaquinon no tratamento da alopecia

 Em Queda de Cabelo, Saúde

prostaquinon, alopecia e queda de cabelosA alopecia, que se caracteriza pela perda de cabelo e calvície, é um problema que costuma amedrontar homens e mulheres. Não é para menos, afinal, os cabelos são considerados a moldura do rosto e estão diretamente relacionados à autoestima.

Existem vários tipos de alopecia e alguns deles são reversíveis. Para eliminá-los, basta fazer o tratamento com produtos adequados, como o Prostaquinon. Conheça-o, a seguir, e entenda como ele atua para combater a queda de cabelo e calvície.

 

O que é alopecia?

A alopecia é uma condição que se caracteriza pela queda do cabelo ou perda completa dos fios, dependendo do tipo. Mas, não é qualquer perda de cabelo que pode ser diagnosticada como alopecia.

De modo geral, perdemos cerca de 100 a 150 fios de cabelo por dia, processo que ocorre porque os fios estão em um constante ciclo de renovação, que é composto por três fases: anágena (crescimento), catágena (pausa do crescimento) e telógena (queda).

Somente quando a perda diária ultrapassa esse volume normal é que pode ser um caso de alopecia. Mas, como saber se realmente é essa doença? A melhor forma é consultar um dermatologista, que é o médico responsável por essa área.

 

O que causa a alopecia?

A alopecia é uma doença multifatorial, isto é, pode ser provocada por diversos fatores. Mas, normalmente o que causa alopecia são fatores genéticos, nutricionais, hormonais e emocionais.

 

Tipos de alopecia

Curiosamente, existe mais de um tipo de alopecia e normalmente é classificado de acordo com o que provoca a queda do cabelo. Confira, a seguir, quais os tipos de alopecia que existem:

 

Alopecia androgenética

Tipo que é popularmente chamado de calvície. É um dos mais comuns, principalmente em homens, embora também possa afetar as mulheres.

A alopecia androgenética é frequente entre homens acima de 50 anos idade devido ao hormônio DHT, que afina o cabelo com o passar do tempo, até que os fios caiam completamente.

Nos homens, acomete a parte mais alta atrás da cabeça. Já nas mulheres, o cabelo se torna ralo no topo da cabeça, mas de maneira difusa, sem ser pontual como acontece com os homens.

 

Alopecia areata

Trata-se de uma doença inflamatória que atinge homens e mulheres entre 20 e 50 anos de idade. Ela deixa falhas arredondadas no couro cabeludo, barba, entre outros locais do corpo com pelos.

A alopecia areata pode atingir o corpo inteiro e deixar a pessoa sem pelo algum. É um defeito imunológico que normalmente está associado a fatores genéticos.

É importante mencionar que a perda dos fios não acontece aos poucos, como ocorre nos outros tipos de alopecia. Na areata, a perda é muito rápida e a doença costuma ser desencadeada por fatores como infecções, traumas físicos e emocionais.

Mas, há um detalhe importante: os fios podem voltar a crescer porque a alopecia não destrói os folículos pilosos, somente os deixa inativos durante um período.

 

Alopecia por tração

A alopecia por tração ocorre quando há a perda dos fios por tração, normalmente por manter o cabelo preso constantemente. Também há quem tenha o hábito de arrancar os fios por problemas emocionais, como o estresse.

Neste caso, se a alopecia não for tratada pode provocar um dano permanente nos folículos pilosos, fazendo com que cicatrizem e não nasçam mais cabelos e pelos.

 

Eflúvio telógeno é alopecia?

Uma dúvida muito comum entre quem tem queda de cabelo é se eflúvio telógeno é alopecia? Curiosamente, são situações diferentes. O eflúvio telógeno é uma condição reversível na qual o cabelo cai depois de uma experiência estressante.

Durante essa condição, os folículos pilosos entram na fase de repouso e meses depois os cabelos começam a cair em grande quantidade. Esses fios já iam cair, o que o eflúvio telógeno faz é acelerar esse processo, derrubando todos de uma vez.

Quando os fios param de cair, uma nova leva começa a crescer. O processo de crescimento é lento, por isso o volume permanece reduzido durante um longo tempo.

O eflúvio telógeno é comum quando se contrai uma doença potencialmente estressante do organismo, como a Covid-19, bem como quando se passa por cirurgias.

 

Tratamento para alopecia

Mas, afinal, como se faz um tratamento para alopecia? Depende muito do caso do paciente, por isso é importante consultar um dermatologista ou um tricologista.

No entanto, de maneira geral o tratamento de alopecia é feito com medicamentos tópicos, como Minoxidil, corticoides e antralina. Se for um caso agressivo, esses medicamentos podem ser combinados com difenciprona ou metotrexate.

Existe, ainda, a possibilidade de utilizar corticoides injetáveis, que têm como finalidade controlar a alopecia e reduzir a possibilidade de surgimento de novas falhas. Em alguns casos, esses medicamentos estimulam o folículo, fazendo-o produzir cabelo novamente.

No caso de alopecia provocada por hormônios, o tratamento costuma ser feito com bloqueadores hormonais que estacionam o processo de perda e ajudam a recuperar os fios. Neste caso, a finasterida é o medicamento mais utilizado.

Nas mulheres, recomenda-se o uso de anticoncepcionais, espironolactona, finasterida, entre outros medicamentos, se o problema tiver causa hormonal.

Se o paciente se importar muito com a estética, existe a possibilidade de realizar um transplante capilar para cobrir eventuais falhas. Mas, isso não significa que pode abandonar o tratamento medicamentoso.

Além disso, também existe a possibilidade de utilizar produtos naturais para controlar a alopecia, evitando a queda dos fios. Entre eles, destaque para o Prostaquinon.

 

O que é o Prostaquinon?

Trata-se de um fitocomplexo natural derivado da Nigella sativa L., padronizado em timoquinona (princípio ativo que possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes).

Como se trata de um produto natural, feito a partir do óleo essencial de sementes da Nigella sativa L., o Prostaquinon não causa efeitos colaterais e surge com uma boa opção para tratamento da alopecia.

 

Efeito do Prostaquinon

Entender o efeito do Prostaquinon ajuda a saber como o produto funciona. Primeiro, é importante ter em mente uma informação: a alopecia se caracteriza por ser um processo inflamatório do couro cabeludo, levando à queda dos fios e calvície.

O efeito do fitocomplexo é anti-inflamatório, ou seja, ele combate a inflamação e auxilia no tratamento da alopecia. Isto é possível porque o produto inibe a produção de PGD2 pelo organismo, que tem ação inflamatória.

Com menos PGD2 no corpo, há uma redução expressiva da inflamação do couro cabeludo, além da diminuição significativa da queda dos cabelos, aumento da densidade e da espessura dos fios, ou seja, eles se tornarão mais resistentes e volumosos, eliminando o risco de calvície.

 

Como usar o Prostaquinon

O uso do produto é simples, basta aplicá-lo uma vez ao dia na área afetada pela alopecia. Recomenda-se utilizá-lo preferencialmente de noite, antes de dormir.

 

Em quanto tempo o Prostaquinon dá resultados?

Cada organismo tem um tempo de resposta diferente, portanto, pode ser que o seu demore mais ou menos. De maneira geral, é possível notar resultados de controle de queda com algumas semanas de uso contínuo do Prostaquinon.

Para identificar resultados mais expressivos, recomenda-se utilizar o Prostaquinon por um período maior, no mínimo três meses, sempre seguindo as orientações do fabricante ou de seu médico.

 

Como potencializar os efeitos do Prostaquinon

Uma forma de potencializar os efeitos do Prostaquinon é investir em outros ativos que ajudam a controlar a queda de cabelo e dão suporte no tratamento de alopecia. Entre eles, destaque para o Minoxidil.

O Minoxidil é uma solução capilar que estimula a microcirculação ao redor do folículo piloso, melhorando seu funcionamento, de modo a controlar a queda e promover o crescimento dos cabelos.

Seus resultados são surpreendentes, tanto que o produto é frequentemente indicado por médicos dermatologistas e tricologistas como uma das principais formas de tratamento de alopecia.

Assim como o Prostaquinon, a aplicação do Minoxidil é tópica, feita diretamente no couro cabeludo. O produto também pode ser utilizado na barba.

 

Onde comprar Prostaquinon

prostaquinon-3-inovacao-no-tratamento-da-alopecia

Quer investir no fitocomplexo natural, mas não sabe ao certo onde comprar Prostaquinon? A Dermo Manipulações oferece uma versão segura e altamente eficaz do produto, fazendo valer o investimento para tratar a alopecia de uma vez por todas.

 

 

 

 

Dermo Manipulações
A Dermo Manipulações é uma empresa com mais de 40 anos de experiência no mercado. Com milhares de clientes satisfeitos, prezamos pela qualidade em todos os nossos produtos, garantida pelo seguimento de todas as normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) Além disso, prezamos pela reciclagem constante de nossa equipe, de forma a oferecer o que há de mais moderno em manipulação de medicamentos. Nosso laboratório de controle certifica a qualidade de todos os produtos, garantindo que o cliente receba apenas itens com eficácia comprovada. A Dermo Manipulações conta também com os mais modernos equipamentos para proteger o meio ambiente de resíduos e garantir uma produção tecnicamente correta.
Postagens Recentes

Deixe um comentário

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar